Poiesis

Autores

  • Olivia Falcão Escola Superior de Artes Célia Helena

Palavras-chave:

Dança, Improvisação, Escrita, Treino poético, Dudude Herrmann, Lisa Nelson

Resumo

O presente artigo apresenta reflexões, conduzidas por aspectos da improvisação em dança, acerca da indefinição de fronteiras entre vida e arte, entre dança e escrita, entre as artes, entre corpo e espaço. Dedica-se, destacadamente, a elaborações sobre Treino Poético e sobre a instauração da prática improvisacional, a partir de abordagens das dançarinas Dudude Herrmann e Lisa Nelson.

Biografia do Autor

Olivia Falcão, Escola Superior de Artes Célia Helena

Graduada em Atuação pela SP Escola de Teatro (2014), especialista em Corpo: Dança, Teatro e Performance pela Escola Superior de Artes Célia Helena (2019), pós-graduanda na especialização em Técnica Klauss Vianna pela PUC-SP (em andamento).

Referências

ALMEIDA, Karina Campos de. Entre-territórios: a dança como catalisadora de diferentes noções de composição. Tese (doutorado) – Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Artes, Campinas, SP, 2016.

BERIO, Luciano. Entrevista sobre a música contemporânea. São Paulo: Civilização Brasileira, 1981.

COELHO, Sílvia Tengner Barros Pinto. Corpo, Imagem e Pensamento Coreográfico – Da Pesquisa Coreográfica Contemporânea Enquanto Discurso: Os Exemplos de Lisa Nelson, Mark Tompkins, Olga Mesa e João Fiadeiro. Tese (doutorado) – Universidade Nova de Lisboa, Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Pós-Graduação em Comunicação em Artes, Lisboa, Portugal, 2015.

CONVERSA com Eduardo Marinho. [S.n.]. Vitória: TV Olhos D’Água, UFES. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=iqFOmq_9TR8&feature=youtu.be. Acesso em: 22 out 2019.

GREINER, Christine. O corpo: pistas para estudos indisciplinares. São Paulo: Annablume, 2005.

HERRMANN, Dudude. Caderno de notações. Belo Horizonte: Edição da Autora, 2011.

HERRMANN, Dudude. “Dramaturgia na Linguagem da Improvisação em Dança”, em Revista Dramaturgias, n. 8, p. 100-111. Brasília: UNB, 2018.

LARROSA, Jorge. Tremores: escritos sobre experiência. Belo Horizonte: Autêntica, 2018.

LEAL, Patrícia. “Em fluxo: entrevista com Dudude Herrmann”, em Manzuá: Revista de Pesquisa em Artes Cênicas, v. 1, n. 1, p. 3-22. Natal: UFRN, 2018.

MANCUSO, Stefano. “Democracias Verdes”, em Revista Piauí, n. 154, p. 48-55, jul 2019.

MARTINS, Cleide. Improvisação, Dança, Cognição: Os Processos de Comunicação no Corpo. Tese (doutorado) – PUC/SP, PósGraduação em Comunicação e Semiótica, 2002.

MATURANA, Humberto e VERDEN-ZÖLLER, Gerda. Amar e Brincar: Fundamentos Esquecidos do Humano – Do Patriarcado à Democracia. São Paulo: Palas Athena, 2004.

MILLER, Jussara. A Escuta do Corpo. São Paulo: Summus, 2007.

PACKER, Max. Dobra, redobra, desdobra: comentário e abertura composicional de obras musicais. Tese (doutorado) – USP, PósGraduação em Música, 2018.

PAN-CINEMA Permanente. Direção: Carlos Nader. [S.l.]: Já Filmes. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=SOdzk7LG7Q8. Acesso em: 22 out 2019.

POÉTICA (Aristóteles). [S.n.]. In: WIKIPÉDIA: a enciclopédia livre. [San Francisco, CA: Wikimedia Foundation, 2010]. Disponível em: https://pt.wikipedia.org/wiki/Poética_(Aristóteles). Acesso

em: 22 out 2019.

SALOMÃO, Waly. Poesia Total. São Paulo: Companhia das Letras, 2014.

VIANNA, Klauss. A Dança. São Paulo: Summus, 2005.

VIEIRA, Elisa Martins Belém. Práticas para a Plenitude do Corpo– Aproximações entre performance, autoria e cura. Tese (doutorado) – Universidade Estadual de Campinas, Pós-Graduação em Artes da Cena, Campinas, SP, 2014.

VIEIRA, Jorge de Albuquerque. “Conferência Teoria do Conhecimento e Arte”, transcrita por Sônia Ray, em Revista Música Hodie, vol. 9 n. 2, p. 11-24. Goiânia: UFG, 2009.

Downloads

Publicado

22/12/2020

Como Citar

Falcão, O. (2020). Poiesis. Olhares, 7(1 e 2), 71-85. Recuperado de https://olharesceliahelena.com.br/index.php/olhares/article/view/126