Corpo sensível

narrativas transversais entre a Dança Moderna e arte da Euritmia

Autores

  • Daniela Meirelles Escola Superior de Artes Célia Helena

Palavras-chave:

Corpo sensível, Dança moderna, Euritmia

Resumo

A dança moderna e a arte da euritmia nascidas no início do século XX, marcaram o princípio de uma nova abordagem na linguagem do movimento e criaram concepções sobre o corpo que dança, retornando o gesto ao lugar sagrado dos tempos remotos da história. Esta ruptura com os padrões estabelecidos pelo balé clássico, buscava encontrar novamente gestos significativos para os corpos dançantes e as narrativas que desejavam contar sobre si próprios e o meio onde estavam inseridos. Assim pretende-se ressaltar as semelhanças e as divergências destas duas artes do movimento, que foram criadas no início da modernidade.

Biografia do Autor

Daniela Meirelles, Escola Superior de Artes Célia Helena

Graduada em Educação Física e Dança pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2001), atuou como professora de dança, lecionando para crianças e jovens da rede pública e privada de ensino. Mestranda em Artes da Cena na Escola Superior de Artes Célia Helena, sob orientação da Profa. Dra. Karina Almeida. Desde 2007, atua como professora de Euritmia na Escola Waldorf Rudolf Steiner (EWRS) e desde 2015 dirige o Grupo de Euritmia Jovem YggBrasil. Atualmente é docente da Faculdade Rudolf Steiner (FRS), onde também dirige o projeto de extensão Coletivo IAN

Downloads

Publicado

03/04/2022

Como Citar

Meirelles, D. (2022). Corpo sensível: narrativas transversais entre a Dança Moderna e arte da Euritmia. Olhares, 8(1 e 2), 59-70. Recuperado de https://olharesceliahelena.com.br/index.php/olhares/article/view/148