A musa e a eternidade

Autores

  • Marco Antonio Rodrigues
  • Maria Alice Vergueiro

Biografia do Autor

Marco Antonio Rodrigues

Encenador e pedagogo.

Maria Alice Vergueiro

Nasceu em 1935. Sem nenhum favor é uma jovem de 83 anos. Contramaré e tempestade, enfrentou e enfrenta inúmeras dificuldades de todas as ordens: física, moral, financeira. Nunca deixou de se posicionar à frente de uma arte inovadora, revolucionária, adiante de seu tempo. Protagonizou e participou de inúmeros encontros e movimentos estéticos que se inserem na vanguarda e no melhor da cena dos últimos sessenta anos. “Musa underground”, usou e usa sua voz conquistada devido ao enorme prestígio adquirido pela qualidade estética de seu trabalho como intérprete e encenadora, a favor das liberdades e da evolução dos costumes.

Referências

BECKETT, Samuel. Malone.

BRECHT, Bertolt. Teatro completo: em 12 volumes. Tradução: Roberto Schwarz et al. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1990. v. 4. 251 p.

MAIAKOVSKI, Vladimir. O amor. Antologia poética. Estudo biográfico e tradução: E. Carrera Guerra. Rio de Janeiro: Leitura, 1963. 215 p.

Downloads

Publicado

25/08/2018

Como Citar

Rodrigues, M. A., & Vergueiro, M. A. (2018). A musa e a eternidade. Olhares, 5(1 e 2), 126-136. Recuperado de https://olharesceliahelena.com.br/index.php/olhares/article/view/103